PETIT COMITÉ BLOG:




segunda-feira, 30 de março de 2009

SENSO E SENSIBILIDADE

Profissionalmente acredito ser importantíssino o bate-papo inicial com uma nova Noivinha para se traçar uma diretriz, para se definir a Configuração de um Casamento.
...
Exemplos:
(não confundir com Festa Temática please...)
....
Casamento na Praia: com roupas leves, drinks com frutas, comidas também leves.
Casamento no campo: de dia, com a natureza de backstage.
Casamento Político: mega-wedding, para todo o eleitorado, com discurso, 20 casais de padrinhos-assessores de cada lado.
Casamento Intimista: mini-wedding para poucos; discreto e sofisticado ( a tendência do momento).
Casamento High-Society/: exclusivíssimos, estampados em colunas sociais.
Casamento de Artista: estampado em tudo quanto é lugar, com muito presente-cortesia-quero-sair-na-caras-também (quer um festão grátis: ganha o BBB!!!)
Casamento Sem Festa: é sem festa mesmo.. mas com vestido, foto e madrinha e você ainda pode ser a Carrie Bradshaw. (Sex and the City...que lançou moda)

.... (Não que um político não possa ser intimista, e um artista reservado... e assim por adiante)
...
Aumentar, triplicar o número de convidados, comadres e ilustres desconhecidos... sacrificar Decor, Buffet, Vestido da Noiva.... até cancelar a lua-de-mel...não considero opções!
...
Continuo categórica!!!
...
Reduza os convidados e não o seu sonho ou a elegância de sua Festa!
...
Uma Grande Festa ruim é um paradoxo,
Noiva mal vestida uma heresia,
Receber mal (no sentido de qualidade...)um despropósito!
...
O importante é o bom senso, a sensibilidade do bom anfitrião, que não tem necessariamente haver com valores ou número de pessoas presentes!!!
..
Post baseado um comentário meu no BemCasadas.

Um comentário:

Casamento e afins disse...

Cara Flávia...
Concordo totalmente com você quando diz sobre o paradoxo de uma "Grande festa" ruim, não tem propósito uma coisa dessas, se é pra ser grande, que Não seja ruim.. pelo amor de Deus!
Bom senso se aplica em tudo, sempre!

Bjs, adoro seu blog.